domingo, 19 de junho de 2011

Alexander McQueen





Lee Alexander McQueen nasceu em 17 de Março de 1969, em Londres.  Filho de taxista largou a escola aos 16 anos, quando começou a se interessar por moda, e virou aprendiz na alfaiataria Anderson and Shepher, na Savile Row. Experiência essa que lhe conferiu o domínio das técnicas e do bom corte da alfaiataria. McQueen, não parou por ai, ele também passou pela Gieves and Hawkes e pela Angels and Bermans, alfaiataria de roupas teatrais.
Aos 21 anos, morou em Milão, onde trabalhou com Romeo Gigli. Já com uma boa bagagem pelas suas experiências de trabalho, Mcqueen se formou na prestigiada St. Martins College. Onde saiu mestre em design de moda. Um estilista promissor, ficou conhecido pelas coleções de caráter teatral. Com seu  temperamento explosivo o estilista ganhou o apelido de  “L’enfant Terrible”. Mesmo com a imagem de mau rapaz e as crises de mau humor, seu trabalho  era impecável, o que lhe rendeu em 1996,1997 e 2001 o British Designer of the Year Award. Ainda em 96 sucedeu John Galliano na Givenchy, onde de forma imprudente despediu o próprio fundador da marca, Hubert de Givenchy, por considerá-lo ‘irrelevante’. Conseqüentemente a primeira coleção do “L’enfant Terrible” para a Givenchy foi um fracasso. Mas o mundo da moda perdoou o estilista e lhe deu uma segunda chance quando em 2000, 51% de Alexander McQueen foi adquirida pelo Grupo Gucci. Pondo fim à tumultuada relação de McQueen com Givenchy e conferindo ao estilista uma maior liberdade criativa.
O filho de taxista teve uma carreira bem sucedida, ganhou o Designer of the Year by The Council of Fashion Designers of America e o Commander of the British Empire.  
Um grande mestre que se foi cedo demais, no dia 11 de fevereiro de 2010, McQueen foi encontrado morto em seu apartamento,aos 40 anos. O estilista cometeu suicídio semanas antes do lançamento de sua coleção na Paris Fashion Week. Diz-se que o suicídio de sua amiga Isabella Blow, em 2007, foi de grande impacto em sua vida. Isabella, além de amiga próxima, é responsável pelo deslanche de sua carreira, em 1992, quando comprou uma coleção por 5 mil libras, e se tornou sua mentora e grande incentivadora. Álem disso, ele morreu às vésperas do enterro de sua mãe.
Seu estilo inconfundível e suas criações impressionantes jamais serão esquecidas pelo mundo da moda. 



Sarah Burton é a sucessora na marca Alexander McQueen, seu nome veio a tona com o casamento Real, quando foi eleita para fazer o tão esperado vestido de noiva da Duquesa de Cambridge, Kate Middleton.  


 McQueen era  idolatrado por fashionistas como a modelo Kate Moss.


Os conhecidos sapatos de Lady Gaga